sábado, 7 de junho de 2008

EVOLUÇÃO


EVOLUÇÃO

PR TIMOFEI DIACOV



Tenho por habito ver e ouvir os programas que a TV Cultura apresenta na parte da tarde. Há muita coisa boa nesses programas, pois, como o próprio nome diz, Emissora da Cultura. A cultura que ela apresenta, pode ser boa ou perniciosa. Todo brasileiro precisa receber a melhor cultura possível. Em seus programas de quando em quando, ouvimos afirmações sobre a espécie humana, quando ensinam, por exemplo, que o homem é o macaco aperfeiçoado, e evoluído. Ora, quem tem a consciência iluminada pela Bíblia e pela atuação do Espírito de Deus, jamais aceitará tais idéias absurdas. Infelizmente, nem todos lêem a Bíblia; nem todos os que se dizem cristãos, tem o habito salutar de àvidamente se debruçar na Escrituras Sagradas.

Queremos mostrar neste despretensioso artigo, que a doutrina da evolução das espécies não tem fundamento bíblico e nem cientifico. Vejamos o porquê: 1) tudo o que evolui, substitui a coisa primitiva, levando-a ao desaparecimento. Por exemplo: os primeiros carros ou automóveis inventados, desapareceram, ou foram para os museus. Já não são mais fabricados. Por que não? Porque não são mais necessários; pois houve evolução, ou aperfeiçoamento. Por que o macaco não desapareceu, uma vez que, “foi” evoluído? Por que macaco continua macaco? Porque não houve evolução. Você já viu macaco virar gente? A Bíblia diz que Deus criou o macaco, para ser macaco e procriar segundo a sua própria espécie. Não existe algum macaco quase homem ou meio macaco e meio homem.

2) O macaco e outros irracionais conduzem-se pelo instinto; enquanto que o homem conduz-se pela razão, ou inteligência. Tudo o que se faz pela razão, temos que aprender: freqüentando uma escola, estudando, examinando e pesquisando. Entretanto, por outro lado o que se faz pelo instinto, faz-se, sabendo de antemão; nasce-se sabendo tudo o que deve saber. Um macaco com dois anos de idade, sabe tudo que um macaco deve saber. Entretanto, uma criança aos dois anos de idade nada sabe: precisa aprender. Outro exemplo são as abelhas que fazem as suas colméias com seis ângulos. Onde aprenderam? Elas foram programadas por Deus. O mesmo podemos dizer do pássaro joão-de barro, que faz a sua casinha sob medida e para uma mesma direção. Onde aprendeu isso? Ele nasceu sabendo. E assim são outras espécies.

Enfim, o ser racional, o homem, precisa aprender. Por exemplo: para ser médico precisa estudar quase a vida toda. Quando Deus criou os seres irracionais, apenas disse: “HAJA”; e tudo apareceu. Mas ao criar o homem, Ele disse: “FAÇAMOS O HOMEM À NOSSA IMAGEM E SEMELHANÇA”. Na vida sexual, o homem precisa aprender; entretanto o ser irracional nasce sabendo; não precisa freqüentar uma escola de sexologia. Os irracionais são AUTOMATOS; enquanto que o ser humano é AUTONOMO; ele tem o livre arbítrio, enquanto os irracionais fazem instintivamente; eles não têm escolha. Como podemos estar vendo a diferença entre um e outro é ABISMAL. É bom observar as coisas, de mente aberta, e não cair no engôdo da evolução. Graças a Deus que fomos criados parecidos com Ele. Somos seres morais, racionais, como Deus é moral e racional.

Um comentário:

Ozorio Pelegrini - Diácono disse...

Boa, Pastor.
Frequentemente, tenho me defrontado com pessoas, "cultas", que se dizem "evolucionistas"...
e a primeira pergunta que eu faço, é justamente esta primeira que o pr. listou: Se há evoluçao, os macacos nao deveriam existir mais, pois se teriam tornado homens....
Precisamos lutar para que esta mentira cientifica, não grasse em nosso meio, tirando a fé de alguns neófitos...
Que Deus o abençoe sempre...