sexta-feira, 23 de maio de 2008

REZAR PELAS ALMAS

REZAR PELAS ALMAS

PR TIMOFEI DIACOV


Fomos procurados por uma pessoa, trazendo-nos a pergunta sobre se é pecado rezar pelas almas dos mortos. Pedimos ao prezado leitor, paciência para ler o que segue; depois o próprio leitor irá tirar a sua própria conclusão. No livro de Ec: 9;5e6, nos diz a palavra de Deus: “Os vivos sabem que vão morrer, mas os mortos não sabem coisa alguma; até o seu amor, a sua inveja, o seu ódio, tudo cessou aqui; e já não tomam mais parte neste século, naquilo que se faz debaixo do sol”. Diante disto aprendemos que não existe comunicação entre os mortos e vivos. Mas, a questão em foco é saber se é pecado, rezar pelas almas deles. Muita gente reza, inclusive pede a eles que as ajude. O apóstolo Paulo, em IICO: 5;10 diz: “Porque todos havemos de comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo: o bem ou o mal”.

O que se conclui destas palavras, é que a responsabilidade é de cada um de nós. O apóstolo Paulo em Gl; 6;7 diz : “Não erreis, Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem se mear, isso também ceifará”. É a lei da semeadura para todos. E se assim é, qual é a conclusão que você vai tirar disto? Que a responsabilidade é da própria pessoa; que cada um dará conta de si mesmo a Deus no dia do juízo. Destas palavras ainda aprendemos que todos nós somos dotados do livre arbítrio, ou seja, da capacidade de fazer a nossa escolha. Então quem partiu desta para outra vida, já fez a sua própria escolha. De sorte que as nossas rezas ou orações não poderão anular a situação deles; alem do mais, ensina-nos a palavra de Deus que a salvação é uma questão pessoal e que se adquire aqui. Morreu, fechou o caixão, lacrou o destino. Nada mais resta fazer.

Por isso exorta a palavra de Deus: “Se hoje ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações” (Hebreus: 3;8). O apóstolo Paulo, em II Cor: 6;3 Diz: “Eis aqui agora o dia da salvação”. Nos livros chamados apócrifos, livros não inspirados por Deus, encontramos menção sobre orar pelos mortos; e diz que isso é bom e salutar. E diz ainda que a pessoa que reza pelos mortos, sente-se bem. Mas, dizemos nós, nem tudo que parece bem, procede de Deus; e Deus não pode contradizer-Se. A Sua palavra seja elogiando-nos ou repreendendo-nos é a verdade. O que está escrito é o que Deus disse. Orar pelos vivos, a Bíblia recomenda e o faz muitas vezes; e isso podemos dizer é coisa maravilhosa. Agora, devemos pregar a salvação para os vivos, fazendo-o com muito ardor; pois enquanto há vida, há esperança.

Segundo a narrativa de Lucas 16 de 19ª31, Jesus conta a história de um homem rico, que na terra não se preocupou com a sua vida no alem. E agora encontrando-se lá, desejou ser salvo. Mas a resposta Divina foi que se lembrasse que esse bem ele havia rejeitado na terra, trocando-o pelos bens transitórios. Como podemos ver, a escolha do futuro se faz aqui. Abraão disse-lhe claramente que o seu destino já estava lacrado. E acrescentou esta palavra: “Existe um abismo entre nós e vós, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós, não o poderiam; e nem os de lá passar para cá”. Qual a conclusão que você tiraria disto? É pecado orar pelos mortos? Deus atende esta petição? Então fazer uma coisa que Deus não recomenda, é pecado, uma vez que, estaremos contrariando o Seu mandamento.

PR TIMOFEI DIACOV
TEL: (0XX)-14-3554-4829
CEL: (0XX)-14-97515930

Um comentário:

Deyse Melo disse...

Pr Timofei,
É um privilégio ler seus artigos!
Aprofundar-se no conhecimento da Palavra de Deus é maravilhoso e, quanto maior o conhecimento, maior a sede de buscar...
Sou jornalista e atualmente atuo em TV e revista na minha região. Tenho um blog que foi criado com o objetivo de levar a Palavra do Senhor a todos quanto possível. Deus tem me dado uma estratégia de evangelização, através de histórias, conhecidas, usando-as como parábolas.
Gostaria muito que o Sr visitasse meu blog e deixasse sua opinião. Seria, para mim, uma alegria muito grande.
Que a graça e a Paz do Senhor continuem abundantes em sua vida!