sábado, 3 de março de 2007

CORRUPÇÃO DOS BONS COSTUMES
Pr. Timofei Diacov



"Não vos enganeis; as más conversações corrompem os bons costumes", I Coríntios 15.33. A língua do homem não lhe foi dada para enxovalhar a vida de ninguém, e sim para a boa comunicação. Um bom costume, para ser formado, leva algum tempo; mas para ser destruído, basta descontrolar a língua. O texto sagrado nos diz que não devemos nos enganar, pois as más conversas corrompem os bons costumes. São chamadas conversas fiadas, conversas maliciosas, conversas que expressam o pessimismo. Hoje, de modo geral, a imprensa procura adivinhar os pensamentos das pessoas para colocá-las em evidência nos jornais. São as especulações. "Dizem que fulano teria dito". E isso se dá especialmente no campo político, no que diz respeito ao governo.

Quem de nós ignora o poder da palavra? Quem de nós não fica aflito com as más notícias? Uma vida pode ser ceifada por uma palavra ociosa. Há tanta falácia por aí! O Senhor Jesus disse certa vez que, por toda palavra ociosa que os homens disserem, darão contas no dia do juízo. Uma palavra para ser dita, dizia alguém, deve ser pensada dez vezes antes. Temos que perguntar a nós mesmos sobre se o que vamos dizer terá um efeito benéfico; se vai construir ou ou se vai destruir. Mas, parece que certas pessoas sentem um comichão debaixo de suas línguas. E, não querem se conter. Querem ser as primeiras a divulgar a novidade. É interessante observarmos que as coisas boas têm pouca divulgação.

Corrupção dos bons costumes - os bons costumes são uma preciosidade para a vida humana. Ensinar um bom costume para uma criança leva muito tempo, e custa muito. Podemos colocar as más conversações ao lado das más companhias. Existe um ditado popular que diz: dize-me com quem tu andas e eu lhe direi quem és. E podemos dizer também: dize-me com quem conversas e o que conversas, e eu te direi o que pensas. Ou então saberei quais são os teus costumes. Um bom costume vem de uma boa educação. A televisão se encarrega de mudar o nosso vocabulário e, conseqüentemente, muda os nossos costumes. E o pior é que muda não para o bem, mas para o mal, para a perversão.

As novelas indecentes da TV são uma fonte inesgotável de corrupção. E Satanás está usando esse veículo de comunicação durante as 24 horas do dia. Desde que ela passou a atuar no Brasil, a corrupção aumentou assustadoramente. E nós, os pais, temos tremenda responsabilidade diante de Deus sobre os nossos filhos, especialmente aqueles que estão ainda em formação. Nós daremos contas diante de Deus se eles vierem a se perder. Mas não é só televisão que faz isso. As más conversas que mantemos às mesas, ao lado dos filhos nas horas de refeição. É um falatório contra o governo, contra o vizinho, contra a igreja, contra a pessoa do pastor, contra a pessoa dos irmãos. São as más conversações. Depois lamentamos que os nossos filhos se enveredem para as drogas, para os crimes, para os assaltos. Eles arranjam más companhias, e lá se vai tudo para o abismo, para a ruína.

Amigo leitor, que tipo de conversa você mantém em sua casa? Que tipo de conversa você mantém na sua casa comercial? Que tipo de conversa você mantém nas horas do seu lazer, do seu trabalho, dos seus estudos? Não se esqueça dessa verdade importante hoje abordada. Evite as más conversas. Fuja daquele que mantém conversas fiadas, ociosas, maliciosas. Fuja deles. Eles não merecem sua atenção. Que Deus os guarde deles.


============
Pr. Timofei Diacov
Rua Aroeira, 135 - Jardim Pinheiro
16400-576 - Lins - SP
(0xx14) 3522-7032
e-mail: rbvdiacov@terra.com.br




(reprodução permitida, desde que citado o autor)




Nenhum comentário: